Cursos de extensão: para que, por que e quando fazê-los?
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Cursos de extensão: para que, por que e quando fazê-los?

06/08/2018


Cursos de extensão: para que, por que e quando fazê-los?


Para agregar conhecimento e obter um diferencial competitivo já que são vistos como um esforço do estudante, eles devem ser feitos sempre que possível, antes, durante e depois da graduação.

Os cursos de extensão são característicos pela rapidez e objetividade. São voltados para diversas áreas e beneficiam muitos os estudantes que desejam aprofundar seu saber.

 

Afinal, o que é extensão?

Vamos começar pela premissa que toda instituição de Ensino Superior oferece os cursos de extensão, isso por que elas têm os seguintes pilares: ensino, pesquisa e extensão. Os dois primeiros referem-se ao pedagógico, e estão presentes nas atividades internas, já a extensão tem o objetivo de integrar instituição e sociedade. Esses cursos, portanto, podem ser feitos por pessoas que não estudam na instituição.

Por melhor que seja um curso de graduação, ele não comporta todos os conteúdos relacionados à sua área de atuação, e é aí que entram os cursos de extensão, que representam uma opção de aperfeiçoar, complementar e desenvolver habilidades específicas.

Geralmente esses cursos têm duração média de três meses e são certificados, porém não possuem validade acadêmica (diferente de uma graduação).

 

São presenciais ou à distância?

Tem para todo gosto! O formato dos cursos é diverso, pode ser realizado dentro de uma sala ou pela internet. Tudo depende do curso e da instituição que os oferece.

A escolha do formato é bem pessoal, e para fazê-la deve-se levar em conta alguns quesitos, como o contato (ou falta dele) com os colegas; a disponibilidade de horários e de deslocamento para as aulas e principalmente a dedicação e disciplina que deve ser maior nos cursos a distância.

 

Quem pode fazer?

Todo aquele que deseja aprimorar conhecimento! Como já dissemos acima os cursos são dirigidos para os três tipos de público: os alunos da graduação; os já formados e pós-graduados e aqueles que não são alunos ainda.

É claro que alguns cursos exigem um certo grau de conhecimento técnico e, consequentemente, só poderão ser cursados por quem tenha a formação na área.

Mas, nada que uma olhada rápida da descrição dos cursos não tire a dúvida.

 

E os benefícios, quais são?

Já se dizia que a gente morre e não aprende tudo, não é? Então, o saber é sempre bem vindo, mas apostar nos cursos de extensão tem vantagens que vão além.

Confira algumas:

- Adquirir conhecimento antes da faculdade e conhecer melhor a área: o aluno terminou o Ensino Médio e quer conhecer mais sobre a área que pretende se formar ou então quer iniciar o curso já sabendo mais sobre a área;

- Contato com o ambiente universitário: é legal ter uma vivência prévia na instituição, conhecer o espaço, estrutura e professores;

- Networking: contato é tudo. Ao aumentar sua rede de contatos, aumentam-se também suas chances de algum deles se lembrar de você quando souber daquela vaga de emprego legal. Sem falar que participar de projetos, atividades e ainda interagir com pessoas que têm os mesmos objetivos é uma experiência enriquecedora;

- Conhecer uma nova área: quando se está meio saturado da sua área de atuação profissional, pode ser uma ótima escolha vivenciar um pouco de outro segmento. Pode ser o que faltava para dar uma virada na carreira e mudar de ares;

- Incrementar o currículo: aprender mais é certamente o maior benefício. Ter no currículo alguns cursos extras pode ser um diferencial, que mostra a dedicação do aluno em se aprimorar e sempre buscar conhecimento;

- Acertar na escolha da pós-graduação: a extensão é conhecida pela rapidez dos cursos, então é bom para certificar o interesse em determinada área. Muitos fazem esses cursos para ter certeza que aquela área é a que querem se especializar.

Bons motivos não faltam. Que tal conhecer agora as opções de cursos oferecidas aí na sua cidade? Lembrando que se você optar pelos cursos online, não há limite para a distância.

 

Assessoria de Comunicação – FCV


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar