Maior Colação de Grau da história da FCV aconteceu no sábado
a
TWITTER
b
FACEBOOK
x
INSTAGRAM
r
YOUTUBE

 

Maior Colação de Grau da história da FCV aconteceu no sábado

26/02/2018


Maior Colação de Grau da história da FCV aconteceu no sábado


A cada ano um número maior de alunos e de cursos.

A cerimônia de Colação de Grau da Faculdade Cidade Verde (FCV), realizada no último sábado, dia 24, reuniu entre convidados e formandos um total de 2.800 pessoas no Fashion Hall e é, até agora, a maior já realizada pela instituição. Foram 307 formandos de nove cursos.

Em uma cerimônia que uniu momentos de homenagens e emoção a aluna Débora Lima Fidalgo, do curso de Contabilidade, encabeçou o juramento e Marcelo Polichetti, do mesmo curso, foi o orador. Em seu discurso, Marcelo emocionou-se ao relembrar de colegas e a rotina de estudante com seus desafios e conquistas. “Há coisas na vida que não se repetem e oportunidades que muitas vezes não teremos novamente. Hoje, nós temos o orgulho e o prazer do dever cumprido. Foram anos de luta, cansaço, cobranças, medo, fracasso, emoção, coragem, superação e agora, o gosto da vitória”, destacou ele. Sentimentos típicos de estudante que também foram revividos pelo paraninfo geral, Guilherme Maximo do Amaral em sua fala especial aos formandos, na qual destacou a importância de manter-se um comportamento compatível com as expectativas profissionais e para isso, discorreu de pontos, que segundo ele são essenciais para isso: “Coopere com o inevitável e adapte-se às circunstâncias; tenha paixão em ajudar e seja íntegro; adote um método e siga-o para alcançar o seu objetivo; e por último, nunca deixe de ter entusiasmo, ele é principal diferencial”, ponderou.

Na vida como um todo, mas em especial em uma Colação de Grau, é o momento em que a qualidade e o papel da educação deve ser refletida. O diretor geral da FCV, José Carlos Barbieri abordou este ponto e em seu discurso apresentou aos presentes fatores preocupantes. “Metade dos alunos matriculados no Ensino Médio não o conclui, isso somado a uma dezena de fatores coloca o Brasil abaixo da média dos 35 países que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Esse indicador prova que nossa educação está muito longe do satisfatório”, enfatizou Barbieri.

 

Bom desempenho

Diante a números tão alarmantes, é bom poder prestigiar alunos que se dedicaram verdadeiramente ao seu curso, como é o caso dos alunos que receberam a láurea acadêmica. Para merecer tal distinção de reconhecimento da excelência o acadêmico alcançou uma média superior a nove entre suas notas. Nesta colação foram 13 os formandos laureados. Além da láurea, a FCV concedeu-lhes bolsas de estudo, de 100% e 50%, para cursos de pós-graduação na FCV.

 

Assessoria de Comunicação – FCV


 

 

Compartilhe com seus amigos:

 

Voltar